Dúvidas Frequentes da Cirurgia de Catarata

Dúvidas Frequentes da Cirurgia de Catarata

Se você tem dúvidas sobre catarata e cirurgia de catarata, leia abaixo as perguntas mais frequentes que o Dr. Glauco recebe de seus pacientes. Caso não encontre a informação desejada, entre em contato conosco.

O que é catarata?

Os olhos, assim como os demais órgãos, são influenciados pelo processo de envelhecimento, sendo que um dos sintomas é a opacidade do cristalino — a lente natural do olho, responsável por garantir o foco. A este processo de opacidade total ou parcial do cristalino, é dado o nome de catarata.

Clique aqui e saiba mais sobre a Catarata

Quais são principais sintomas da catarata?

Os sintomas da catarata são variáveis, mas é comum que os primeiros sinais sejam percebidos quando a pessoa começa a sentir maior dificuldade na realização de tarefas simples como dirigir, ler ou assistir TV. Dores de cabeça, visão dupla em um olho (diplopia monocular), fotofobia (intolerância à luz forte), círculo brilhante ao redor das luzes à noite e sensação de que as lentes dos óculos não estão bem limpas, são alguns dos principais sintomas da catarata.

Clique aqui e conheça mais sobre os sintomas da catarata

O que causa da catarata?

Estudos apontam que os principais fatores para o surgimento da catarata, são: o envelhecimento do cristalino, o tabagismo, alterações metabólicas presentes em doenças sistêmicas como o diabetes, alcoolismo, exposição aos raios UVB, e queimaduras químicas graves.

Existe risco da catarata voltar depois da cirurgia?

O tratamento cirúrgico da catarata consiste na substituição do cristalino por uma lente artificial (intraocular). Uma vez realizado o procedimento de substituição, a catarata não voltará.

A lente intraocular pode se deslocar depois de implantada?

Esse tipo de problema já não ocorre mais, devido aos inúmeros avanços tecnológicos da cirurgia de catarata.

Se você não sabe o que são as lentes intraoculares, clique aqui para saber mais

Quanto tempo demora para a visão voltar ao normal após a cirurgia?

A acuidade visual após a cirurgia de catarata está relacionada a fatores como o tipo de lente a ser implantada, anestesia, técnica utilizada e etc. Assim, geralmente a melhoria da visão é rapidamente estabelecida.

Quanto tempo preciso ficar em repouso após a cirurgia?

Com o uso de novas e modernas tecnologias para a realização da cirurgia de catarata, é possível voltar para casa no mesmo dia. Porém, o repouso deve ser observado conforme as recomendações do oftalmologista.

Apenas pessoas idosas precisam ser submetidas à cirurgia de catarata?

A recomendação de tratamento cirúrgico para portadores de catarata não está relacionada somente à idade. A cirurgia é realizada em número maior em pessoas idosas, devido ao envelhecimento do cristalino. Porém, esse problema pode acometer pessoas jovens que também podem se beneficiar da cirurgia.

A catarata acomete sempre os dois olhos?

É comum que a catarata seja bilateral. Ou seja, na maioria dos casos, se apresenta nos dois olhos. No entanto, é bastante comum que a piora ocorra assimetricamente. Por esse motivo, é importante planejar a cirurgia para ambos os olhos, preferencialmente de forma personalizada.

Quais são as consequências de não procurar tratamento logo no início da doença?

Após o avanço da doença o tratamento cirúrgico pode tornar-se mais traumático, de modo a comprometer a recuperação do paciente. Se você tem dúvidas a respeito, procure um oftalmologista.

É possível eliminar os óculos?

O uso de óculos após os 40 anos é considerado normal em grande parte da população, devido a presbiopia: condição que dificulta a visão de objetos próximos, exigindo o uso de óculos sobretudo para a leitura.

Com a cirurgia de catarata, técnicas a laser ou implante de lentes fácicas é possível melhorar a visão para perto, longe e/ou médias distâncias.

Existem dezenas de modelos de lentes intraoculares, cada uma com características diferentes, que irão se adequar melhor à necessidade de cada paciente.

Além de corrigir a PRESBIOPIA, através da cirurgia é possível também corrigir os demais erros refrativos, como MIOPIA, ASTIGMATISMO E HIPERMETROPIA.

Saiba mais sobre a cirurgia de catarata que corrige os erros refrativos

Ficou com dúvidas em relação à catarata e seu tratamento?

Entre em contato e agende uma consulta.

WhatsApp