Anel Intraestromal em Curitiba

Anel Intraestromal em Curitiba

O implante do anel intraestromal ou anel corneano, como também é conhecido, é uma alternativa segura e eficaz para impedir o avanço do ceratocone, melhorando a visão do paciente.

Como a doença altera o formato da córnea, o anel intraestromal torna-se uma boa opção na busca de uma melhor visão, uma vez que irá regularizar e diminuir a curvatura da córnea.

O procedimento cirúrgico é planejado de acordo com exames avançados em somatória ao histórico clínico do paciente. Juntos, eles indicarão qual o melhor tamanho do anel que será implantado na córnea.

A fixação do anel é realizada através da criação de um sulco na córnea, que pode ser feito com o INTRALASER: um moderno equipamento que cria uma área específica na córnea para o anel ser inserido.

O objetivo principal do procedimento é criar uma ação mecânica na córnea, que traciona o tecido reduzindo a deformidade ocasionada pelo ceratocone e, por consequência, melhora a acuidade visual.

O material que compõe o anel é compatível com o olho e não causa rejeição, sendo considerado bastante seguro.

Indicações para o implante do anel intraestromal 

As principais indicações para o implante do anel intraestromal são:

  • Ceratocone em evolução, ou intolerância ao uso de lentes de contato;
  • Ectasia corneana, pós Excimer laser;
  • Degeneração marginal pelúcida;
  • Irregularidades corneanas, pós transplante de córnea;
  • Irregularidades corneanas pós ceratotomia radial;
  • Irregularidades corneanas, pós-trauma;
  • Miopia e/ou astigmatismo, em córneas finas.

Combinação com outros procedimentos 

Atualmente, o implante de anel intraestromal pode ser associado a outros procedimentos, como o Cross-Linking, que tem como objetivo aumentar a resistência da córnea.

Tais procedimentos têm finalidades distintas, porém são complementares, atuando em conjunto para melhorar a acuidade visual do paciente.

WhatsApp