O que é Ótica Cirúrgica

O que é Ótica Cirúrgica

Antigamente o tratamento cirúrgicooftalmológico visava apenas as doenças oculares, não tendo foco na independência dos óculos. A cirurgia de catarata por exemplo, pode ser tratada pela substituição de um cristalino opaco por uma lente intraocular simples, em que a visão se torna satisfatória após a correção do grau residual com lentes de óculos.Isso pode não ser suficiente para pessoas ativas e que buscam uma melhora da qualidade de vida.Vale ressaltar que o momento da cirurgia de catarata é único e deve ser bem estudado e planejado, já que a troca de lentes intraoculares é um procedimento complexo e não recomendado na maioria dos casos. O cirurgião pode não ter só o foco no cuidado da doença ocular mas também no tratamento refrativo, buscando a maior independência dos óculos e liberdade visual.

A cirurgia pode buscar um novo nível de precisão, em que outros procedimentos, medidas e planejamentos são adotados em uma cirurgia de altíssima tecnologia para buscar a correção também dos erros refrativos. 

Essa nova área de ótica cirúrgica não é somente sobre cirurgia de catarata mas sim sobre todos os procedimentos necessários para obter a melhor função ótica dos olhos e independência dos óculos. O cirurgião tem que conhecer todas as técnicas cirúrgicas mais modernas para aplicar a técnica correta em cada caso. Dependendo do grau do paciente, idade, saúde ocular, necessidades ocupacionais e pessoais (como esportes praticados), pode ser necessário adotar abordagens distintas como laser para correção do grau, uso de lentes fácicas como a ICL ou Artisan, Lentes intraoculares bifocais, trifocais ou de foco extendido, anel intraestromal, entre outros. Somente com todo esse arsenal podemos adotar a melhor abordagem para cada paciente.

A catarata é uma condição que atinge grande parte da população com mais de 50 anos. Sua incidência aumenta com o passar da idade, sendo resultado do processo de envelhecimento natural dos olhos.

No passado, o tratamento era realizado somente quando a catarata já estava em um estágio mais avançado, ou seja, quando já comprometia parte da visão. No entanto, hoje é possível tratar o envelhecimento do cristalino com antecedência.

O estudo mais profundo da anatomia ocular e do sistema ótico, permite uma intervenção cirúrgica planejada e precisa, com resultados confiáveis.

WhatsApp